Contos eróticos | Caindo na própria provocação | Diversos

PUBLICIDADE amadoras sexo anal gostosas bundas sexo anal amadoras

Diversos / Caindo na própria provocação

Finalmente minhas ferias chegou e como sempre fazia, viajava para um sitio de parentes. Cheguei piscina, sol tudo de bom e não demorou muito, vi um negro lindo e como sou tarada por negro, começei a trocar olhares. Quando foi a noite, perguntei para minha prima quem era e ela disse ser um amigo da família, falei hummmmm ... Fui dormi com aquele homem na cabeça, acordei novamente tudo lazer, entrei piscina, fazia questão de passar nadando perto dele, quando foi a noite, fui passear  quando quem apareceu na minha frente? Gelei aquele nego maravilhoso começou a trocar ideia e eu dando uma de difícil foi quando ele me pegou pela nuca e falando sei o que você quer e foi beijando loucamente me deixando sem ar, colocando a mão entre minhas pernas, me excitava mas aos mesmo tempo, eu pedia para parar. Foi quando me pegou pela  cintura, me colocou em cima da mesa de sinuca, abriu as minhas pernas foi colocando aquele dedo dentro da minha buceta e começou a chupar ela que nem louco ate que não consegui segurar e gozei na boca dele. Ele deu aquela risada maliciosa  e me chamou, cai de boca naquele pau grosso gostoso, ate me engasgava me colocou na mesa novamente e começou colocar aquele pau dentro de mim que ia rasgando tudo começou meter com tanta força me xingava de vadia gostosa  que ia me fuder ate eu pedir para parar, ele simplesmente parecia uma maquina foi quando ele me virou e falou que agora queria meu cu, disse que não e ele me segurou e começou fuder, ele gemia gostoso dizendo que era apertadinho e eu chorava nessa hora nem sabia o que distinguir tesão de dor  sei que meteu muito, gozou deixou meu cu todo cheio de porra depois casei este homem e fodo todas as noites.

Gostou? Vote no Conto:

19606 visitas

 

Contos Eróticos Relacionados

Surpresa deliciosa

 
 
PUBLICIDADEbundas videos de sexo bundas