Contos eróticos | Realizei o desejo de minha esposa. | Exibicionismo

Exibicionismo / Realizei o desejo de minha esposa.

Esse é meu segundo conto (Como comi o cuzinho virgem de minha esposa), mas no primeiro não descrevi como somos, Bom eu na epoca tava com 40 anos, 1,70 / 70 kg, 19 cm de pica (como minha ex dizia, DURA, GRANDE, QUENTE E GROSSA)moreno claro e um coroa bem charmoso, ela 31 anos, 1,54 / 55 kg, pernas grossas, bundinha pequena mais bem arrebitadinha, branca e bem linda. Certo dia depois de uma boa sessão de oral que adoramos, eu adoro sentir um mulher gozar na minha boca e ela adora beber leitinho quentinho, comecei a comer sua xoxotinha e beijando ela na boca, foi qndo pra minha surpresa ela começou a dizer que estava muito feliz e quase realizada, parei e disse o que esta falatando pra se realizar, pensei que era ser mãe, mas pra minha surpresa ela disse que gostaria de chupar uma xoxota e me ver fazer uma mulher gozar em meu pau, nossa aquilo me deu um tesão que transamos a noite todo e eu não queria mais parar. No dia seguinte conversamos sobre o assunto e começamos a planejar como fariamos, pois nem eu nem ela queriamos arrumar prostituta. Combinamos de ir ao clube de swing, o que não chegamos a fazer. Certo dia acordamos cedo e marcamos de ir a praia, pois, estava muito quente pra ficar em casa, começamos a nos preparar qndo uma amiga dela de nome Malu, ligou e perguntou se não queriamos ir a praia, disse a ele que minha esposa estava no banho e nos tbm ja tinhamos marcados de ir, ela então disse pra nos encontrarmos na praia de Copacabana (odeio aquela praia, só tem puta, favelado e gringo e ainda tem muito esgoto), disse que não que iriamos para praia da barra e que passaria na casa dela pra busca-la, ja na praia minha esposa tirou a roupa e vi que estava com um biquininho novo lindo e que estava todo enterrado no cuzinho, dei um tapinha na bundinha e pra minha surpresa ela disse na frente da amiga, não bati ai que ta dolorido de ontem a noite, senti que sua amiga ficou sem jeito mais sorriu e disse, sorte sua, pois eu a muito não faço isso, to na seca. Nossa na hora meu pau ficou duro feito uma rocha, minha esposa sentiu e me chamou pra ir na agua, conversamos e ela pediu pra eu concordar com tudo que ela fizesse pois, ia levar Malu lá pra casa pra gente comer a bucetinha dela, adorei a ideia. Começaram as duas a beber cerveja e eu só na agua mineral (lei seca pega feio aki no Rio depois da praia), minha esposa logo ficou de pileque pois, não esta acostumada a beber e começou a falar muitas besteiras, deixei pois, sabia que ela estava querendo deixar a amiga com agua na boca. Começou a dizer pra amiga que eu tinha uma piroca, grande, grossa, quente e bem dura e que fez ela se sentir uma verdadeira putinha, que nunca tinha dado tanto a buceta e sentido uma piroca no cú como estava fazendo comigo, que eu fazia ela se sentir mulher e que só faltava realizar um desejo dela. Sua amiga curiosa perguntou o que seria e ela colocou a boca no ouvido da amiga e disse baixinho pra ela o que seria. Vi qndo sua amiga ouviu ficou toda arrepiada e deu um sorrizinho malicioso e perguntou a ela se teria coragem de chupar uma mulher e deixar seu marido meter em outra, minha esposa disse que não só teria coragem como gostaria que fosse com ela. Na hora ela ficou sem jeito e disse que ia pensar no assunto, na semana seguinte minha esposa me ligou no trabalho feliz da vida disse que Malu havia topado, que eu passasse no mercado e comprasse umas bebidas e petiscos, era sexta-feira e disse que tudo bem, nossa o dia não passava, eu doido que chegasse a noite, estava ansioso e com o pau duro o dia todo a ponto da secretaria da empresa notar e ficar me olhando. Eu era sempre o ultimo a sair, todos saam as 17:00 e eu as 17:30/18:00, mais naquele dia as 16:45 eu ja estava me arrumando e saindo, todos estranharam e a secretaria ainda disse uma gracinha tipo, tadinha da esposa e deu um sorrizinho (uns meses depois qndo me separei comi ela tbm, mais isso fica pra outro conto), fui ao mercado comprei muitas smirnoff ice (esposa adora), cervejas e queijos, pastas, biscoitos, azeitonas e outros petiscos. Assim que cheguei em casa minha esposa estava de banho tomado e com uma camisolinha que eu adoro (curtinha e transparente), cheirosa e anciosa. Dexei ela arrumando tudo e fui tomar um banho bem demorado e me depilar (Gosto de ficar com ele bem lisinho, fica mais higienico, esposa adorava). Qndo sai começamos a conversar e beber pra ela ficar descontraida pois, estava nervosa e ansiosa. Qndo Malu chegou estava com um vestidinho curtinho e uma minuscula calcinha pois, o vestido estrava na bundinha qndo ela andava, tava uma delicia, vou descreve-la; uma mulatinha com corpão, bunda roliça, media, 1, 52, uns 54 kg, pernas roliças, lisinhas peitinhos de adolescente, não é muito bonita nem feia, é comivel, rsss.

Começamos a beber e ela começou a lamentar que estava sem sexo a muito e que seu ultimo namorado não fazia ela gozar muito e que estava numa seca, e que no dia em que fomos a praia e minha esposa disse aquilo ela ficou toda melada e qndo chegou em casa tocou varias siriricas pensando na boca da minha esposa na xoxota dela e eu com o pau enterrado no cuzinho dela (depois fui saber que era virgem no cú), depois disso minha esposa sentou ao lado dela e vez ou outra beijava ela na boca, nossa eu tava cheio de tesão de ver elas se beijando, coloquei o pau pra fora e comecei a alisar, minha esposa ajoelhou entre minhas pernas e começou a chupar, sugar com força, eu estava me controlando pra não gozar, tava de olho fechado e escutei minha gemer, qndo abri os olhos pra minha surpresa Malu tava lambendo a xoxota dela, elas deitaram no tapete e começaram um 69 delicioso, não aguentei e fui ate elas comecei a colocar no cuzinho da minha esposa que tava toda arreganhada na boquinha da amiga, não demorou e enchi o cuzinho dela de leite e pra minha surpresa sua amiga tirou meu pau do cú dela e colocou na boca limpando tudinho e deixando duro de novo, então deitou e me pediu pra enfiar bem fundo nela, socando pra ela gozar bm gostoso e minha esposa vendo a situação sentou com a bucetinha na boca da amiga e me beijando, nossa foi uma sensação deliciosa a nossa amante gozou varias vezes no meu pau e eu m segurando ate que uma hora não aguentei e enchi sua bucetinha de porra, minha esposa ate então comportada tirou meu pau de dentro da amiga colocou na boca limpou e caiu de boca na xoxota da amiga cheia do meu gozo e dela, depois de me recompor e apreciar as duas se chupando e lambendo, minha esposa veio fez um boquete delicioso e disse em meu ouvido, quero que vc coma o cú dessa putinha e lambeu o cuzinho todo dela deixando todo melado, não deixei ela falar duas vezes (adoro comer um cuzinho) coloquei e deixei por conta delas, pois minha esposa ajudava empurrando ela pra tras pra entrar tudo, ate que senti o pau escostar la dentro do cu apertado de nossa putinha, no começo ela gemia de dor mais depois gritava e pedia que colocasse mais no cu dela que estva uma delicia, que eu tinha um pau delicioso e que minha esposa era maluca de deixar ela sentir aquilo tudo dentro dela, gozei feito um louco naquele cú virgem e gostoso, a utinha tinha um fogo naquele cú que comi varias vezes aquela noite e no dia seguinte qndo acordamos ela pediu que comesse mais seu cú pq tava uma delicia, minha esposa ficou de boca aberta pois, sua amiga era bem recatada e ali tinha virado uma puta e que nem ela aguentava dar o cuzinho pra mim a noite toda, só dava uma vez e ficava dolorido. Foi a noite de sexta, o sabado o dia todo e a noite, na manhã de domingo qndo acordamos fomos a praia e qndo chegamos as duas ficaram rindo e comentando que o biquini estava machucando pq o cú das duas estava esfolado. Depois disso ainda fizemos muito mais vezes e resolvemos arrumar outras amigas minhas e dela, depois conto outra. Mais foi uma experiencia deliciosa pra nos tres. Realizei o desejo de minha esposa e logico que o meu. Hoje estou separado dela e minha namorada nem gosta de ouvir essas coisas, tem nojo.



BJKS

Gostou? Vote no Conto:

11/09/2011 | 84402 visitas

 
 
 
ninfetas porno videos de sexo